30 de jul de 2013

Resenha: Inferno - Dan Brown


Sinopse - Inferno - Uma Nova Aventura de Robert Langdon 

Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em "O Código Da Vinci", "Anjos e Demônios" e "O Símbolo Perdido" e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento. No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri. Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Resenha:

Esse livro é incrível, há quem diga que é o mesmo clichê de sempre do Dan Brown, e é, mas eu sou suspeita para falar de clichês.

Odiei o Código da Vinci e ainda odeio, é um livro que antigamente não recomendaria, hoje só recomendo porque faz parte da série do Robert Langdon, mas a diferença e evolução do autor desse livro para o "Símbolo Perdido" e agora "Inferno" é gritante, ele amadureceu, ele usa a mesma fórmula de antes sim, mas o livro já não é tão cansativo, pra mim Inferno foi pura adrenalina do começo ao fim, e quando terminei ainda passei dias pensando "Caramba, que livro foi esse!"

Esse livro foi um dos primeiros que me fez torcer pelo vilão, pois é, eu concordo com a visão do vilão, não achei ele totalmente pirado não, acho que tinha muito fundamento o que ele dizia, e ele só enlouqueceu porque foi mal compreendido, talvez se tivessem dado mais atenção ao que ele dizia, não teria chegado tão longe.

Foi um livro que me fez pensar, nem todos os livros tem esse poder, alguns apenas nos distraem, nos emocionam e acabam, mas esse te faz refletir e só por isso já deveria ganhar nota 1000, é um livro cheio de arte, te da vontade de viajar para a Itália só para conferir de perto tudo que foi descrito, as descrições são tão exatas que basta fechar os olhos e é como se estivessemos lá junto deles.

Enfim Dan Brown já havia me surpreendido com O Símbolo Perdido, mas agora me deixou pasma com Inferno, só posso imaginar os próximos livros dele...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gstou dessa postagem ? Odiou? Não importa, deixe seu comentário! :)